viernes, 11 de marzo de 2011

Mala das Profissões

Olá, professores e demais amigos.

Muito se tem dito a respeito do papel de alunos e professores na sala de aula, não é mesmo? Ouvimos dizer que o professor precisa ser o mediador/ facilitador entre os conteúdos e seus alunos. Enquanto que, por outro lado, o aluno se torna cada vez mais ativo dentro do processo de ensino aprendizagem. Mas será que isso realmente está acontecendo? Será que nós, professores de língua estrangeira e das demais disciplinas estamos permitindo que nossos alunos possam ter a oportunidade de participar mais ativamente das aulas? 

O que você tem feito para motivar os seus alunos? Pois, o simples fato de repassar o conteúdo, muitas vezes utilizando apenas o quadro negro e giz não permite que o aluno possa ser mais "ativo", mas sim, fazer com que ele copie a matéria ali disposta até que bata o sinal da próxima aula. Mas será que nós, professores, não podemos fazer nada para modificar o ensino? 

Talvez seja mais fácil ficar reclamando... "minha escola não tem recursos didáticos suficientes, não tem computador (nem acesso a internet), não tenho condições financeiras para adquirir materiais didáticos e, pior o professor não tem "tempo" para criar materiais ou inventar maneiras de explorar um determinado conteúdo... Mas será que é falta de tempo mesmo? Eu diria que o professor tem outras prioridades (família, casa, estudos  e etc), no entanto, seus alunos precisam estar na sua lista de prioridades ou não?
Bom, claro que a resposta é sim. Mas como o professor poderá criar materiais se as prioridades ultrapassam o tempo que disponibilizam para essas atividades, incluindo o planejamento diário/ semanal/ mensal/ anual. Sem contar a quantidade de livros de chamada para preencher, as avaliações bimestrais que  preparar e depois digitar, programar trabalhos individuais e em grupos, pesquisas, leituras, e por aí vai...

Calma professor!!! Estou aqui para lhe dar algumas dicas, rs. Vamos lá, então?

1º Passo: Selecione o conteúdo que você irá trabalhar, por exemplo: Profissões

2º Passo: Ao selecionar as principais profissões, lembre-se dos seus alunos, seus interesses e suas realidades. Lembre-se de valorizar a identidade de seus alunos, se foram alunos da zona rural tente destacar algumas profissões do campo e enfatizar a importância das mesmas.

3º Passo: Crie um material com desenhos para representar o vocabulário, neste caso profissões,  para que os seus alunos tenham um maior contato com a língua estrangeira, deixando de ser tão dependentes da tradução, pois, a imagem virá acompanhada de sua escrita, conforme o exemplo abaixo:



4º Passo: Após concluir este procedimento com todas as profissões selecionadas por você, elabore algumas atividades relacionadas, por exemplo: Cruzadinhas, Caça palavras, Complete, Perguntas etc...

5º Passo: Separe alguns objetos ou mesmo brinquedos que correspondam as profissões selecionadas. Exemplos:
> Builder (pedreiro) - Tijolo e colher de pedreiro; 
> Cook (Cozinheiro) panela e uma colher de madeira e assim sucessivamente.

6º Passo: Agora vc precisa confeccionar uma bolsa, sacola ou melhor ainda: Uma mala para colocar os objetos referentes a cada uma das profissões, você ira criar a sua MALA DAS PROFISSÕES. Vejam como ficou a minha mala: 

 
Foto 1: Parte externa da mala (detalhes em e.v.a. colorido)

Foto 2: Mala aberta com os objetos de cada profissão espalhados pela mesa, facilitando a visão dos alunos.

7º Passo: No momento das aulas os alunos ficarão curiosos para saber o que tem dentro da mala e o que os objetos representam. Esse é o momento de você, professor, permitir que seus alunos explorem os objetos relacionando-os com o conteúdo aprendido, neste caso, profissões e, dessa maneira dialogue com cada um deles perguntando quais profissões pretendem seguir e, aos poucos contextualizar o conteúdo com a realidade de seus alunos. À medida que você for explicando os conteúdos pode pedir para que um aluno venha a frente e represente a profissão aos demais colegas, como no exemplo abaixo em que convidei uma aluna para dialogar comigo, representando a profissão de construtor/ pedreiro. 

Foto 3: Representando uma profissão

8º Passo: Permitir que os alunos possam representar as profissões com outros colegas e não apenas com o professor; ajudá-los na elaboração dos pequenos diálogos em língua estrangeira e sempre pedir para que eles, se possível, tragam um dicionário para as aulas de línguas estrangeira. 

9º Passo: Deixar bem claro aos alunos que as aulas de língua estrangeira podem ser divertidas, sem deixar de trabalhar os conteúdos programados. Permitindo que os mesmos possam participar mais ativamente das aulas, como nos exemplos que citei anteriormente. 

10º Passo: Os objetos utilizados na Mala das Profissões foram brinquedos velhos, emprestados dos sobrinhos (rsrsrs), entre outros objetos que seguramente temos em casa como: panela, avental, vassoura e etc... Assim, podemos perceber que foi possível criar uma aula diferente e divertida sem gastar muito dinheiro e, principalmente que propiciou momentos de reflexão e trocas de experiências com os alunos. 

Nós professores precisamos Refletir,  Trocar Ideias e estar sempre em contínua Formação Profissional. Para que nossas aulas não se tornem algo considerado "atrasado", "chato", "cansativo" e etc... Mas, que nossas aulas possam se tornar participativas, colaborativas e mais dinâmicas. 
Abraços da Prô Milena!  =)

3 comentarios:

Joseane Piechnicki dijo...

Olá Milena!

Que legal seu blog! :)
Sou suspeita porque sou apaixonada pelo recurso e vejo nele uma forma bastante dinâmica de compartilhar ideias. Os meus estão um pouco paradinhos, mas logo, logo passo por lá para tirar a poeira!
Abraços e parabéns!

Géssica Peniche dijo...

Adorei seu blog, bela iniciativa!!!

Jorge dijo...

Que bien saber que estas con iniciativas para seguir tu jornada como una excelente profesora y pedagoga,te felicito de corazón y espero que sigas con ese entusiasmo siempre...felicidades por tu blog esta muy bonito y creativo...Tu amigo boliviano Jorge M.